Aos interessados

Aos interessados

Sejam todas e todos muito bem vindos ao nosso grupo.

Estamos ao vosso dispor para aqui publicarmos as vossas reflexões sobre a temática da Formação de Professores.
Para publicar, basta que enviem cópia digitada em words para o e-mail do administrador que, após moderação (principalmente contra plágios) e aprovação, se fará um prazer em veicular as vossas produções.
Para maiores informações visualize o registro do grupo junto ao CNPq através do link:


Visitou nosso blog?
Deixe um alô para que possamos saber que esteve por cá. Gostamos muito de todos nossos visitantes.

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

264 DIVULGANDO O BALANÇO ANUAL

É... falta um dia para o Novo Ano e em educação tudo pode precipitar-se a qualquer momento, tal a dinamismo da área,  fiquemos, pois, apenas na preparação do balanço que só poderá ser concluído no primeiro dia útil de 2016 que está aí nos batendo na porta.

Compreendo que a todo e qualquer momento é hora para dar uma olhada para as realizações concluídas e fazer algum tipo de avaliação que, como já foi dito, ainda não pode ser conclusivo. Por isso quero, calma e criticamente, voltar meu olhar para o percurso que realizamos este ano que está acabando.

Em Janeiro tivemos a comemoração da postagem número 100. Estávamos abrindo caminho no meio desta selva de bites que é a Internet. Mas mais que isso, essa marca representou para mim uma afirmação do bom caminho que trilhávamos. A prova foi que nesse mesmo mês contamos com o aumento de participantes do GE.

Fevereiro: Carnaval, sombra e água fresca. Um mal estar sem gravidade se apoderou de mim e me impediu de estar mais presente neste espaço. Mono não teve oportunidade de me avistar. Bem feito! Também não sou muito fã dele!

Março: Meu mês... de minhas desavenças comigo mesmo, de dúvidas (mais que certezas), de desabafos... de seguir em frente tocando o caminho que me tem ensinado a andar.

Abril: Um tempo de "férias" para recarregar as baterias - Alagoas. Depois primeiros passos rumo a uma prática que - finalmente - não saiu da ideia, mas que ainda paira encostada num canto tranquilo da memória.

Maio:Ufa! Este foi puxado! Semana da Pedagogia, Congresso de H. E., sorteio de livros e, para encerrar "em beleza" a comparação entre professores e os melões que só "Zé" Pacheco sabe fazer!

Junho: Eita arraiá! Mas teve muito mais que isso! Nóvoa, Pacheco e... Saramago! Histórias para crianças e o nascimento de uma parceria com a Julio Joel.  


Julho: O mês termina com uma discussão com Cury... bem sei, tem quem adore, não eu! Um tempo sem net... anomalias! Festa!!! Um ano de blog!

Agosto: A parceria co JJ (Júlio Joel) está indo no rumo esperado. Os primeiros contatos animam todo mundo. Isso é bom, reconforta e instiga!

Setembro: Bela combinação: Super Lua com eclipse total - Pink Floyd (another brick on the wall) - Educação que machuca. A reflexão quase no limite.

Outubro: Desilusão pouca é besteira! Muitas, muitas reclamações, todas justificadas... poucas entendidas. Não faz mal, a gente acaba aprendendo e saindo no lucro!

Novembro: A JJ continua sendo o centro de nossas atenções práticas. E o pensamento lá... no futuro!

Dezembro: A greve atrapalha nossos planos. É legal enquanto meio de reivindicação do trabalhador, mas esta é injustificada. Deixa para lá! Um dia aprenderão! Fim de ano! A vida continua, mas muito se mede em espaços chamados "ano" ao final de cada um é costume fazer um apanhado das ações do período. Cumpri minha tarefa!

Antes de encerrar este último registro de 2015 quero deixar uma mensagem que é (sempre será!) de otimismo:

FAÇAM O ANO QUE AMANHÃ SE INICIA VALER MUITO A PENA    

 Se chegou até aqui, fique sabendo que este foi para mim um ano a não esquecer jamais, de bom que foi, malgrado alguns percalços sempre passíveis de acontecer.

Ao encerrar esta mensagem deixo a minha maior conquista do ano: Tive meu primeiro artigo publicado numa revista com Qualis A-1

FELIZ 2016! 

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

263 FINS E PRINCÍPIOS



Ou talvez devesse dizer términos e recomeços?


Posso até alterar os termos, mas neste caso a regra matemática não se aplica e não poderei mudar a ordem dos fatores: um ano escolar que se encerra e um outro que já começa a ser planejado, esboçado. Foi assim nossa tarde deste 09/12/15.



Quisemos surpreender (por pura dificuldade de comunicação) e fomos surpreendidos, a festa estava armada e nós só chegamos para a culminância, para o ato final. Um projeto visando a discussão sobre a inclusão estava atingindo seu ápice. Uma agitação só, naquela escola! O grande homenageado estava por chegar.  Seu nome é Francisco, mas é muito mais conhecido por "Cunhado", forma como tratava seus amigos durante a sua juventude.

A decoração da escola condizia perfeitamente com a personalidade do homenageado. Pessoalmente, senti-me na “Era do Rádio”... Nos tempos que já lá vão (que o digam elementos como um velho ferro de repassar roupa, daqueles feitos em ferro fundido em cujo interior eram colocadas brasas para esquentá-lo e engomar as alvas camisas de linho). Consegue visualizá-lo na foto abaixo?

O homenageado, sua esposa, neto e a filha (Diretora da Escola Júlio)

Estavam ali, também dando seu recado, alguns “bolachões de vinil” (os velhos LP’s) que ajudaram a imortalizar muitas das vozes mais representativas da MPB. Detalhes de uma história de vida... Detalhes... na voz do rei RC gravada numa dessas relíquias.



Depois de ter colocado o homenageado frente à “guarda de honra” de muitas e boas recordações perfiladas, chegou o momento mais solene da tarde: a homenagem das crianças da escola: Poesias, cordéis e, surpreendam-se: uma belíssima entrevista realizada por alunas/os da escola. No final tivemos um exemplo de bom trabalho, tal como todos os outros, mas que destacamos pela complexidade de recursos e técnicas utilizadas: a emissão ao vivo da “Rádio Cultura Popular” (assim denominada pelos alunos/as)... Pareciam verdadeiros profissionais do rádio.





Entre lágrimas de emoção, abraços, cantares, declamações e aplausos, um “grand final” com a apresentações de um trabalho criado, ensaiado e apresentado pela iniciativas das/os alunas/os em agradecimento ao homenageado.



Entoado a muitas vozes o famoso “Parabéns a Você”, foi feita a entrega de uma recordação. A hora da merenda chegara.


Só houve tempo para um breve bate-papo sobre o projeto que apresentaremos e discutiremos na próxima semana (já visualizando o próximo ano letivo).

A tarde acabou!

Todos ficaram felizes.